Ir para o Topo

Arpina Digital

Como garantir performance e vendas na Black Friday

O cronômetro da sexta-feira mais esperada do ano no e-commerce está quase apitando: falta menos de um mês para a Black Friday 2020. Por isso, preparamos algumas dicas para garantir que as metas de performance e vendas do seu negócio sejam alcançadas. Confira abaixo!

Dê atenção especial ao site

É preciso garantir que o seu e-commerce vai suportar uma grande quantidade de acessos na data da Black. O consumidor não vai esperar o seu site voltar da queda ou, ainda, esperar um carregamento longo para comprar. Dessa forma, é necessário alinhar a sua plataforma e servidores para que o acesso, navegação e pagamento ocorram perfeitamente.

Além disso, esse é o momento de adequar o seu site ao formato mobile, caso ele ainda não esteja adaptado. Uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas revelou que 67% dos consumidores utilizaram seus smartphones para fazer compras no ano de 2019.

Também é importante revisar se a sua loja virtual está atualizada e com todas as informações que o consumidor precisa na hora de acessá-la. Certifique-se de que os dados da empresa estão corretos e garanta que, caso o cliente precise, ele conseguirá entrar em contato e ser atendido rapidamente. 

Capriche nas condições de pagamento

As condições de pagamento influenciam diretamente na hora de o consumidor fechar uma compra on-line. Na Black Friday, com a quantidade de ofertas inflada e a concorrência acirrada, isso se intensifica ainda mais. 

O seu e-commerce tem chances muito maiores de se destacar e gerar vendas se tiver:

  • Condições de pagamento com um bom parcelamento sem juros;
  • Descontos à vista ou no boleto;
  • Opções de pagamento por cartão de crédito das mais variadas bandeiras, assim como pagamentos por plataformas digitais, como o PayPal e o PagSeguro. 

Além disso, os descontos são muito importantes para gerar resultado em conversões. Aposte em estratégias como a progressividade: na compra de um produto, ofereça uma porcentagem “X” de desconto. Na compra de dois ou mais itens, vale aumentar esse percentual e assim por diante, desde que esse cálculo esteja previsto na sua margem. 

Aposte na estratégia Omnichannel

A estratégia Omnichannel consiste em interligar os seus canais de venda e comunicação para oferecer soluções de compra simultaneamente online e offline

Em um cenário no qual 25% das compras on-line são feitas na forma de “click e retire” (comprar online e retirar na loja física), apresentar a solução integrada do omnichannel trará mais conversões para o seu negócio, principalmente nessa data. Isso se dá devido à confiança criada no e-commerce durante a pandemia: muitas pessoas farão a sua primeira compra online na Black Friday 2020, e essa modalidade torna-se uma opção mais confiável para quem está começando. 

Diminua o número de “carrinhos abandonados”

A maioria dos abandonos de carrinhos acontecem pelo valor do frete, processos de check-out demorados e pela falta de responsividade dos sites. Considerando isso, é essencial:

  • Rever as opções e prazos de transporte com os Correios e transportadoras, priorizando a oferta mais rápida, segura e que faça sentido para o seu orçamento
  • Simplificar o processo de check-out, deixando-o o mais simples possível. Aposte em “compras com um clique”: capture e-mail e forma de pagamento, e conclua a compra sem necessidade de um login do cliente
  • Adaptar e adequar o seu site para que ele seja o mais responsivo possível e com todas as informações importantes sobre a sua empresa, para que o cliente se sinta confiante na hora da compra

Pense nas vendas futuras

A fidelização de clientes para recompra pós-Black Friday também é um passo muito importante para garantir performance e vendas. Tenha sempre em mente que, se essa pessoa já comprou da sua loja e a experiência foi agradável, fidelizá-la para que ela continue comprando e até mesmo indique a sua marca para outros possíveis consumidores, torna-se muito rentável e atrativo. Confira 3 formas de conseguir fazer isso:

  • Dê desconto para próxima compra 
  • Nutra o seu cliente através do e-mail marketing 
  • Invista em mídia on-line

Dicas extra

Existem ferramentas que podem auxiliar a sua empresa a alcançar os objetivos de venda e performance para esse dia. Conheça-as e pense em meios de integrá-las à sua estratégia para a Black Friday:

Whatsapp

Com alta de 18% de uso desde o início da pandemia, não só para atendimento, mas para realizar vendas, a plataforma deixa a marca do seu negócio mais próxima dos clientes, e por isso está sendo muito usada por pequenas empresas.

QR Codes

Popularizado pelas lives de artistas durante a pandemia, o uso dos QR Codes tende a crescer bastante por não exigir contato físico. É uma ótima alternativa tanto para campanhas on-line quanto físicas, já que o direcionamento para comprar em um site é tido no ato de apontar a câmera do celular para uma imagem-código.

Sites comparadores de preços

Quem conhece os macetes e, principalmente, quer poupar dinheiro em meio à recessão econômica causada pela pandemia, utilizará ainda mais as ferramentas e sites comparadores de preço. Fique esperto, pois seu cliente está!

Estão prontos?

Esperamos que depois de conhecer as dicas, você esteja na direção certa para tornar a Black Friday um dos períodos mais rentáveis do ano para o seu negócio.

Você pode saber mais sobre essa data acessando os conteúdos já criados no blog. Clique nos links: Perspectivas para a Black Friday 2020 e Como preparar o seu negócio para esse período.

Acessando o nosso Instagram, você também encontra dicas e váários vídeos no IGTV, que te ajudarão a ter um direcionamento para essa data: Clique aqui para ver!

A Arpina é especialista em estratégia para lojas virtuais e marketing digital! Se você deseja inserir o seu negócio no e-commerce ou otimizar processos para que sua loja virtual venda mais, entre em contato conosco: estamos presentes no Instagram, Facebook e LinkedIn.

Open chat