Ir para o Topo

Arpina Digital

Como ter mais sucesso no cadastro de produtos da sua loja virtual

Muitos empreendedores estão apostando em loja virtual para diversificar seus canais de venda, mas com tantas opções de e-commerce que o usuário tem hoje, cadastrar o seu produto de forma correta pode ser a diferença entre o fracasso ou sucesso do seu negócio.

Com toda certeza, todas as vezes que falamos sobre investimento em e-commerce, vem logo na cabeça o desejo de ter um aumento nas vendas, seja de empreendedores que já possuem lojas físicas e querem aumentar o rendimento com a criação de uma loja virtual, ou empreendedores que querem investir diretamente em e-commerce.

Entretanto, a praticidade que a loja virtual oferece de estar disponível para o seu cliente fazer uma compra 24h, necessita de estratégias diferentes das quais se utiliza no varejo físico, e o cadastro de produtos é uma etapa importantíssima dessa estratégia para que o seu e-commerce tenha uma boa performance.

Só pra exemplificar, um estudo feito recentemente em 2019 pela EQI (Ecommerce Quality Index) instituto que analisa como está o conteúdo e a qualidade de produtos anunciados em e-commerce brasileiro do ponto de vista do consumidor, mostrou que cerca de 72% das lojas virtuais não oferecem uma boa experiência com relação a detalhes de informação dos produtos que vendem.

Em outras palavras, o consumidor já possui comportamento de navegar em vários canais há alguns anos, justamente por ter tecnologia acessível e buscar informações instantaneamente, e isso evidenciou que o varejista é beneficiado quando está em diversos canais de acesso, mas é preciso entregar para o consumidor informações completas, verdadeiras, e uma experiência de compra positiva.

Visto que esse é um problema que afeta muitos empreendedores, preparamos esse texto com várias informações valiosas que você deve seguir quando for fazer o cadastro de produtos e otimizar esses processos. Acompanhe a leitura até o final e venha com a gente para saber como você pode aplicá-las em sua loja virtual.

Como cadastrar produtos corretamente ajuda minha loja virtual?

Apesar de parecer uma tarefa muito simples, fazer o cadastro de produtos envolve saber o que seu público quer e está procurando, pois no online, não há vendedor durante as compras para informar detalhes e funcionalidades dos seus itens. Sendo assim, a vitrine de produtos do seu site merece toda a atenção. Então acompanhe todas essas etapas abaixo para saber como fazer isto:

1. Iniciando o processo de cadastro de produtos

A princípio, saber o que e como as pessoas que tem interesse no seu produto estão procurando por ele na internet é essencial. Assim, é preciso informar detalhes sobre modelos, cores, tamanhos, características, diferenciais e outros diversos atributos que seu produto tem, descrevendo cada peculiaridade para o navegador, pois esta etapa é extremamente importante para ele ter uma boa performance de busca e que o leve a finalizar uma compra na sua loja virtual.

Uma das ferramentas de pesquisa que você pode usar durante este processo é o próprio Google Trends, que oferece dados dos termos mais buscados durante as pesquisas feitas pelos usuários online.

2. Adicionando a descrição que vai destacar seu e-commerce

As descrições dos produtos da sua loja virtual trarão muitas informações decisivas, e você precisa ser o mais detalhista possível para que seu público se sinta mais confiante com todas as informações que você lhe deu. Até cerca de 500 caracteres é uma ótima recomendação. Geralmente, lojas virtuais têm os seguintes campos:

  • Título do produto – Onde vai o nome, tipo e o que for necessário – Máximo 150 caracteres.
  • Descrição curta – Descrição principal, utilizada na exportação para lojas virtuais;
  • Descrição complementar – Campo exibido nas propostas comerciais e pedidos de venda – Até 5000 caracteres no máximo.

Quanto mais específico o cadastro do produto, mais fácil será para os usuários identificarem e encontrarem o que estão buscando, por exemplo: você está vendendo sete cortinas de cores e tamanhos diferentes no seu e-commerce. Os usuários precisam de uma maneira simples para identificarem rapidamente o produto que estão buscando. Um título específico vai ajudar nisso.

Sem dúvidas seu título será usado para relacionar seu produto com a pesquisa de um usuário, então inclua detalhes importantes que definem seu produto. Coloque os detalhes mais importantes primeiro, pois os usuários normalmente vêem apenas os primeiros 70 caracteres do título, dependendo do tamanho da tela, então só preencha mais que isso se for extremamente necessário.

3. Atente-se muito a esses detalhes no cadastro de produtos

  • Descreva apenas o produto

Não é necessário adicionar políticas da empresa ou sua história e nem outros aspectos como detalhes sobre produtos compatíveis, acessórios ou produtos similares disponíveis.

  • Seja específico e preciso

Quanto mais específica for sua descrição, mais fácil será para os usuários identificarem o produto que estão procurando na sua loja virtual. Liste os detalhes mais importantes nos primeiros 160 a 500 caracteres. E cuide com o exagero, pois muitos usuários acabam abandonando a leitura no meio da compra pois há informações que muitas vezes não são extremamente relevantes.

  • Adicione características e os atributos visuais diferenciados

Certamente essas são algumas informações que não podem faltar nos seus produtos: tamanho, material, faixa etária do público-alvo, recursos especiais, especificações técnicas, formato, estampa, textura, design, pois muitas vezes o seu público faz busca por produtos diretamente com essas características específicas.

E não só adicionar essas informações, mas também formatá-las de um modo que torne a leitura agradável e o usuário tenha uma boa navegação na sua loja virtual. Inclua caracteres que dão quebras de linha como: negritos, itálicos e listas com marcadores para aumentar a legibilidade da sua descrição.

  • Jamais faça comparações com outros produtos ou insira emojis

Antes de mais nada, esse é o momento de você se destacar, destacar seu produto e sua loja virtual, então não faça comparações do tipo “ainda melhor que produto X”. Permita que os clientes pesquisem outros produtos por conta própria. 

Salvo uma situação extremamente incomum que demonstra muita necessidade, também evite de usar caracteres estrangeiros e emojis para chamar atenção, pois essa técnica é comum em spams e anúncios não confiáveis. 

E mais alguns detalhes que você precisa saber são:

  • Atente-se na gramática correta no cadastro do produto
  • Use linguagem profissional a todo momento na sua loja virtual
  • Evite usar letras maiúsculas o tempo todo para dar para dar mais ênfase, pois isto também é muito comum em spams, use somente o necessário
  • Não use espaços em brancos adicionais, ao invés disso use os caracteres de maneira eficiente para descrever bem seu produto

4. Por último mas não menos importante: FOTOGRAFIA TAMBÉM VENDE!

Ao mesmo tempo que você precisa ter uma excelente descrição no cadastro do produto, seu cliente não pode ficar com dúvidas sobre as características do produto na hora de comprar: boas imagens aumentam muito a taxa de conversão da sua loja virtual

Preocupe-se em produzir e cadastrar duas ou mais fotos de cada item, expondo diversos ângulos e detalhes. Sendo assim, faça foto da peça inteira de diversos ângulos: de frente, trás, lados. 

Faça imagens de detalhes, vídeos, mostrando até a textura do material se possível. Não utilize logos, textos adicionais ou marca d’água nas imagens prejudica na visualização e no reconhecimento do produto, e jamais, em nenhuma hipótese, copie foto de concorrentes, pois as plataformas de busca identificam isso e não colocam seu site em prioridade. 

Está preparado para montar sua loja virtual? Somos especialistas em marketing digital e implementação de lojas virtuais! Caso queira aprender mais, temos muito conteúdo sobre e-commerce, lojas virtuais e outros diversos assuntos em nosso blog, Instagram, Facebook e também no LinkedIn.

Open chat