Receba por email

Assine nossa newsletter e receba em primeira mão as novidades do blog.

06 de Agosto de 2018

IGTV: Devo incluir no planejamento estratégico do meu negócio?

Quando o Instagram anunciou sua plataforma de conteúdo em vídeo na vertical, o IGVT, comparações com YouTube foram inevitáveis.

Hoje, o YouTube é a maior plataforma para consumo de conteúdo em vídeo existente no momento, podendo ser utilizado por marcas, influenciadores (que podem ter surgido da própria plataforma), pessoas que apenas querem subir os vídeos da família ou dos gatinhos para ter armazenado em algum lugar.

Além do YouTube, Twitch, Facebook e Vimeo também oferecem excelentes opções como uma plataforma de conteúdo em vídeo, mas que ainda não encontraram pontos em que consigam se destacar contra o líder predominante. De acordo com criadores que cresceram na própria plataforma,  o YouTube ainda é o melhor canal de comunicação por vídeo, mesmo com algoritmos problemáticos e desempenho irregular por falta de suporte a comunidade.

Por conta de pessoas procurando cada vez mais maneiras de consumir entretenimento, notícias e contato com as marcas (especialmente entre o público mais novo) o Instagram utilizou isso como pretexto de estimular essa nova plataforma.

O Instagram pensa nisso estimulando criadores a pensarem em um novo formato, a irem por um novo caminho, afinal o relacionamento entre criador e plataforma é inevitável.

Afinal, não existe criador sem plataforma ou plataforma sem criador.

Os dois sempre precisam acabar trabalhando juntos, criador sugerindo novas atualizações e funções, plataforma ouvindo e auxiliando na criação, disseminação e sucesso dos mesmos.

O que é o IGVT?

IGTV não foi lançado às cegas, a plataforma mesmo com poucos meses de vida tem o poder de alcance do Instagram, com 800 milhões de usuarios mensais e 500 milhões diariamente; seguir no Instagram é seguir a pessoa também no IGTV.

No entanto a plataforma ainda não sugere uma maneira de monetização, de espaço para publicidade. O que o YouTube mesmo com seus problemas já oferece a anos.

 

A principal opção para agora é utilizar o IGTV como uma plataforma secundária, sendo uma extensão do seu conteúdo, seja com material exclusivo (mas que converse com todo o resto) ou adaptação do resto do material.

Em um exemplo prático, caso você já crie conteúdos em vídeo da sua empresa no YouTube ou em alguma outra rede social, agora você tem mais um canal para divulgá-lo.

E ainda temos a questão de saber como a parte de descoberta vai funcionar, e ainda não muita opção de personalização da aba “Para você”, tags e serviço de busca melhor. Seria mais interessante você ter poder de buscar por conteúdo não só pelo usuario da pessoa, mas por tema e também a otimização para buscas por hashtags, como a plataforma do Instagram utiliza (Até mesmo o story utiliza).

De fato é muito importante a diversificação da maneira que criamos conteúdo, de como nos relacionamos com isso e compartilhamos, somente assim plataformas, criadores e marcas podem evoluir e sempre ter a melhor maneira de transmitir informação.

Utilize a plataforma, pense em maneiras que sua marca pode trazer conteúdo, de maneira que agregue, traga impacto e seja um diferencial na plataforma. Saber como falar e o que falar com essa plataforma pode auxiliar a evolução da própria.

Tem alguma dúvida de como utilizar o IGTV? Uma boa consultoria na parte de conteúdo pode auxiliar você a achar o formato ideal para utilização da rede pela sua marca ou negócio. Se você tiver alguma dúvida ou ponto a destacar, deixe um comentário. Vamos continuar a discussão!

Patrick Zanca

Social Media

[email protected]

IGTV: Devo incluir no planejamento estratégico do meu negócio?
4.6 (91.11%) 9 votes

Autor

Patrick Zanca

Compartilhe

Facebook Twitter linkedin