Receba por email

Assine nossa newsletter e receba em primeira mão as novidades do blog.

08 de Outubro de 2019

Black Friday: agora é o momento de se planejar!

A Black Friday é um dia atípico, há muita movimentação, muitos clientes e principalmente muitas vendas. Por se tratar de uma data que não se repete durante o ano, é impossível tratá-la como se nada na rotina de trabalho fosse mudar.

Para garantir que a Black Friday seja um dia como os demais, em que tudo está alinhado e organizado de tal maneira que ninguém irá perceber que se trata de um dia diferente, é preciso planejamento.

Como me planejar para a Black Friday?

Você sabia que a Black Friday de 2018 recebeu o segundo maior número de vendas online, perdendo apenas para o Natal? Foram mais de R$2,6 bilhões, e esse ano promete ser ainda melhor. Então, para não se perder durante o processo, definir os objetivos é o primeiro passo.

Quais suas intenções? Quer zerar o estoque? Vender mais ou gerar mais relacionamento? Quando começa e quando termina? Ter essas questões em mente irá lhe ajudar a planejar todo o restante.

Arrume a casa.

Experiências servem para que possamos aprender com elas, certo? Então, é hora de puxar todos os dados da última Black Friday, ou das últimas promoções, e analisar tudo que foi feito de maneira correta e que pode ser repetido, o que pode-se melhorar e o que não se deve mais fazer de jeito nenhum.

Com base nessas informações, é possível visualizar muito melhor o caminho a ser seguido.

Quem vai entrar na brincadeira

Defina como vão funcionar os descontos, se toda a loja vai entrar na promoção ou se apenas alguns itens, se apenas a loja física ou o e-commerce e demais marketplaces como Instagram e Facebook também farão parte. Se sim, é preciso alinhar de forma a integrar as informações em tempo real entre todas as plataformas para que não ocorra divergência de informações, furos no estoque, etc.  

Seja honesto

Se você decidiu colocar sua marca na Black Friday, então ofereça descontos reais. Prepare ofertas condizentes com o que é esperado deste dia, afinal de contas, você não quer que as pessoas chamem sua marca de “Black Fraude” ou que na sua empresa a Black Friday é “Tudo pela metade do dobro”. Todo ano acontecem situações assim, então zele pela imagem do seu negócio e trate com seriedade esse dia tão esperado pelos seus clientes. 

Outro item que é importante mencionar: nada de colocar na promoção somente aqueles produtos que estão encalhados há anos. Além de ficar visível para o cliente, seja pelo prazo de validade próximo de expirar, roupas ou calçados muito fora de moda, avarias nas peças, e outras dicas explícitas de que você não quer participar realmente da Black Friday, ele pode entender que você quer apenas esvaziar a pilha de produtos acumulados. Não que você não posso colocá-los na oferta, mas faça de forma a não deixar essa impressão, pois o cliente pode se sentir desvalorizado.

Arme o estoque

Suas vendas irão, ao menos, dobrar, então é preciso saber exatamente a quantidade de itens disponíveis, quais devem ser pedidos em maior escala, as opções de numeração e distribuí-los conforme as demandas de cada canal de venda. Alguns vendem mais, outros menos, mas o fato é que, na Black Friday, todos vão vender, então ter o estoque redondinho é a garantia de que não haverá furos nem confusões do tipo.  

Dê spoilers

Todo mundo que ama fazer compras espera ansiosamente e conta os dias para a Black Friday, seus clientes não são exceção. Então faça todo o planejamento de comunicação e comece a divulgar desde já em todos os canais possíveis. Vale lançar teasers, patrocinar os posts mais importantes e até fazer uma contagem regressiva, mostrando às pessoas que elas precisam correr para o seu site assim que o relógio bater meia noite.

Um canal de divulgação que funciona super bem é o e-mail marketing, tendo em vista que a audiência é qualificada e interessada. 

Suporte para sustentar

Não esqueça de preparar todo o serviço de suporte e atendimento para solucionar questões em tempo real de todos os canais de venda. Além disso, certifique-se de que a empresa que desenvolveu o site esteja à disposição durante as 24h, garantindo que os usuários consigam acessar seu ecommerce sem que ele caia.

Para finalizar, faça um treinamento especial com toda sua equipe de vendas para que o atendimento seja excepcional e que, além de vender muito nessa Black Friday, os clientes sejam encantados pela sua marca.


Lais Bellmax

Marketing

[email protected]

Black Friday: agora é o momento de se planejar!
Vote para esse post!

Autor

Lais Bellmax

Compartilhe

Facebook Twitter linkedin