Receba por email

Assine nossa newsletter e receba em primeira mão as novidades do blog.

01 de Fevereiro de 2019

Aumentando os pesos: como o conteúdo aumentou as vendas de uma empresa de roupas fitness!

Futebol, vôlei, basquete, natação, skate… Muitos brasileiros praticam esportes regularmente, seja por hobby, saúde ou até mesmo por estética. Este último motivo, é o que mais leva as pessoas a frequentarem a academia. Porém, alguns levam essa atividade física a um patamar mais elevado: os bodybuilders.

Sejam profissionais como os fisiculturistas ou amadores, esse público sabe mais do que ninguém as dificuldades de encontrar roupas confortáveis para treinar, uma vez que precisam de mais mobilidade para os braços e pernas, pois trabalham pesado! Solucionando este problema (e com o melhor preço do mercado!), chegou a MXD Conceito.

No que diz respeito ao marketing digital, temos objetivos comuns dentre os setores da agência, o mais nítido de todos, seja direto ou indireto, é aumentar os lucros do cliente. Porém, no conteúdo mais objetivos aparecem, como aumentar a exposição da marca e o engajamento nas redes sociais. Nesse caso, o desafio foi ainda maior, já que vocês devem imaginar a dificuldade de falar de uma rotina intensa de treinos quando se é um rapaz sedentário de 1,84m com menos de 70kg.

Sem dor, sem ganho

Quem me conhece sabe bem que eu não sou a pessoa mais forte ou atlética do mundo. Entretanto, como publicitário nato, aprendi com o tempo que os melhores resultados vêm com os desafios que me tiram da zona de conforto.

Por se tratar de um e-commerce desenvolvido em uma boa plataforma, o aumento das vendas junto à mídia já era esperado. Mas no caso da MXD, a missão principal é gerar um bom relacionamento com o público das suas redes sociais, que neste caso são o Facebook e Instagram, de preferência de forma bem humorada e com um timing afinado para memes e acontecimentos.

Você conhece bem os exercícios?

Dizem que, ao treinar, o mais importante não é o peso que você utiliza, mas fazer corretamente o movimento de cada repetição. Da mesma forma funciona o público-alvo, já que não adianta tentar falar com todos ao mesmo tempo, apenas com as pessoas certas.

Quando a academia faz parte da sua rotina, ainda mais com a intensidade dos bodybuilders, há uma série de detalhes do dia a dia que podem ser utilizados para aproximar a marca do seu público.

Estas pessoas seguem dietas rígidas para hipertrofia (crescimento muscular), passam boa parte do tempo livre cuidando dos seus corpos, conhecem bem as referências do esporte e são, principalmente, bem humoradas, compartilhando entre si os momentos engraçados que ocorrem em seus cotidianos.

A partir daí, já se pode ter uma boa noção de quais são boas investidas para se comunicar, interagir e vender através do conteúdo apresentado.

Faça o movimento correto, sem forçar

Quando você força demais, acaba se machucando! Tome cuidado com a forma de se expressar, afinal, todos temos sentimentos, crenças e preferências, o que pode gerar atritos desnecessários quando contrariados.

Um bom exemplo é a rixa percebida entre musculação e crossfit. Ao percebê-la, em tom de humor foi realizada uma publicação em favor da musculação, durante o período de maturação da MXD aqui na Arpina. O resultado? Extremamente favorável junto à este público e obviamente mal recebido pelos que fazem do crossfit sua rotina.

Apesar de a maior parte do público da marca se encaixar no primeiro perfil, como marca é sempre importante manter a sobriedade do tom junto à públicos secundários, pois estes também consomem seus produtos e merecem a mesma consideração.

Além disso, fale com naturalidade. Seu público fala gírias? Palavrões? Interaja com ele da mesma forma, mas sem exagerar. Evite termos chulos nas legendas e destaques, onde sua marca estará mais exposta e seja mais despojado nos comentários, mostrando que há outro ser humano comum do outro lado da tela que entende o que seu cliente precisa, disposto a resolver suas dores e igualmente feliz em feedbacks positivos.

Não esqueça o Whey!

Os suplementos proteicos auxiliam na hipertrofia, assim como os impulsionamentos aumentam o alcance e consequentemente os resultados das suas publicações. Não é segredo, mas muitos ignoram: os algoritmos do Facebook e Instagram oferecem mais entregabilidade orgânica de acordo com o engajamento primário das publicações. Mas se ninguém é impactado pelo post em um primeiro momento, como a publicação ganhará relevância?

Efetuar um bom trabalho de direcionamento das publicações de acordo com a sua estratégia, não custará muito e trará ótimos resultados. Com um bom timing, os números são ainda mais exponenciais, como mostra o exemplo abaixo.

Depois de treinar muito, o shape fica bem definido

Todo esforço efetuado da forma correta, traz bons resultados. Fazendo um comparativo os últimos três meses antes da entrada na agência e os três meses posteriores, a MXD Conceito teve um aumento de 96,3% de envolvimento com as publicações e 162,7% no alcance das mesmas.

Quando falamos em vendas, essas ações, que também sempre buscaram direcionar o público para o site, aumentaram as transações 314,81% em relação aos meses anteriores, gerando uma receita 246,35% maior para o nosso cliente.

Hora do treino

Quando criado de forma estratégica e direcionada ao público certo, o conteúdo tem um papel importantíssimo no posicionamento da marca, além de possibilitar um aumento considerável no faturamento da empresa.

Para funcionar corretamente, é crucial a aproximação entre cliente e agência, oferecendo a liberdade criativa necessária e alinhando seus objetivos para conseguir o melhor desempenho, além de uma equipe incrível que abrace novas ideias.

Está buscando um bom conteúdo na prática para a sua marca? Vem voar com a Arpina!

Ps: eu comecei a frequentar uma academia.

Lucas Xavier

Media Analyst

[email protected]

Aumentando os pesos: como o conteúdo aumentou as vendas de uma empresa de roupas fitness!
5 (100%) 7 votes

Autor

Lucas Xavier

Compartilhe

Facebook Twitter linkedin