Ir para o Topo

Arpina Digital

5 dicas para montar seu e-commerce e ainda aumentar as chances de sucesso

Se tem um assunto que a gente entende e faz questão de te ajudar a entender também é o comércio eletrônico de produtos e serviços, e é exatamente por isso que hoje nós trouxemos algumas coisas essenciais que você precisa saber para montar o seu próprio e-commerce.

Primeiro: Conheça bem o seu público

Parece óbvio afirmar que é o cliente quem define o sucesso do negócio, mas o que tem realmente mudado com o passar do tempo é que agora ele sabe disso melhor que ninguém.

Com o avanço das redes sociais, a possibilidade de avaliar produtos, serviços e até pessoas, o consumidor de uma marca passou a se empoderar e aprendeu a deixar cada vez mais claro o que espera e o que não deseja receber de uma empresa, o que é ótimo, porque conhecendo e estudando bem o seu público, as suas chances de acerto vão lá em cima, levando em consideração que ele deixe claro o que quer.

E para completar essa etapa, o que não faltam são ferramentas para estreitar e facilitar esse relacionamento, como testagem de segmentação de público via mídias programáticas (anúncios pagos na rede), interação gratuita com seu consumidor através das redes sociais, pesquisas de consumo e muito mais. Assim, você consegue entender melhor com quem está falando e consequentemente sabe o que dizer e como dizer!

Além disso, você ainda pode realizar testes de como o que você oferece vai ser recebido por quem ele é direcionado para.

Segundo: Conheça melhor ainda o seu produto

Apenas conhecer o seu público não é o suficiente, afinal, como você vai garantir para um caminhoneiro que o seu tipo de pneu é o melhor se nem mesmo você saber o porquê disso?

Por isso a dica de criar protótipos, testar a aceitabilidade de anúncios, conversar com o seu público e entender como ele consome o que você oferece é fundamental para elevar as chances de acerto na hora de vender online, e isso ainda garante que você vai aparecer para ele na hora em que ele mais precisa e no lugar mais adequado.

Terceiro: Estude e defina cada variável

Qual o tamanho da sua área de atuação? Você vai entregar somente na sua região? Para o estado inteiro? Brasil inteiro? Para o mundo inteiro? Vai cobrar frete? Vai oferecer algum diferencial para conquistar seus novos clientes?

Tudo isso – e muito mais – tem de ser pensado bem antes de celebrar o cadastro do seu primeiro produto no estoque da sua loja online, assim, você não é pego de surpresa.

Quarto: Nada de imprevistos

Tenha sempre uma carta na manga para que se algo der errado você saber o que fazer. Um exemplo? Você postou o produto para o seu cliente e ele se quebrou ou se perdeu no caminho, o que fazer? Com quem falar? Qual a melhor forma de resolver com quem mais importa, o cliente?

Antes de ter um e-commerce funcionando, você precisa construir um bom plano para gerenciamento de crises, assim, mesmo quando algo não sair como deveria, você diminui ao máximo qualquer prejuízo.

Quinto: Conte com quem sabe fazer

Não se trata de se gabar ou coisa do tipo: é primordial contar com o auxílio de quem tem experiência na área, principalmente quando se trata da sua primeira loja virtual ou quando você já tentou alguma outra vez e não obteve sucesso.

Além disso, com anos de prática e com as mais diversas ferramentas que vão levar o seu negócio lá em cima, as suas chances de erros diminuem consideravelmente. Veja alguns dos nossos serviços que fazem toda a diferença na hora de vender online:

A sua loja: Qual o melhor sistema considerando o seu tipo de produto ou serviço? Um time de especialistas vai estar em contato direto e constante com você para definir e construir a sua presença no digital.

A sua comunicação: Como fazer com que o seu cliente abra o seu e-mail marketing? Ou melhor, como fazer com que essa se torne uma ferramenta realmente efetiva? Essa é uma das ferramentas que nós usamos por aqui para tornar o seu funil de vendas ainda mais eficaz!

O seu relacionamento: Você conseguiu conquistar o cliente e vender aquele fogão que combinou perfeitamente com a cozinha dele, mas e o que acontece depois disso? É para isso que serve a produção de conteúdo, para fidelizar e mostrar que você entende do que fornece, compartilhando dicas de uso e limpeza por exemplo.

Viu só quanta dica bacana, mas isso não é nem o começo! Vem com a gente estabelecer a sua loja na web e oferecer uma experiência completa com a sua marca.